Primar 5 investe cerca de R$ 500 mil em meio ambiente e geração de renda

FacebookLinkedInGoogle+WhatsApp


Foi oficializada na última semana a edição número 5 do Projeto Integrado de Meio Ambiente e Geração de Renda – Primar. Em reunião na Secretaria Estadual do Trabalho e do Desenvolvimento Social (STDS), o Secretário Adjunto, Edson Borba, recebeu a diretoria da Associação Amigos do Meio Ambiente (AMA), âncora do projeto, e os coordenadores das entidades selecionadas.

Borba reforçou a intenção do secretário Luís Augusto Lara em aprimorar cada vez mais a Lei da Solidariedade, embrião do Primar. A valorização do projeto, segundo Borba, está ilustrada no aumento da verba captada para a edição 2013. “Nós conseguimos chegar a R$ 80 mil para cada entidade, um aumento significativo. E temos condições de arrecadar ainda mais no ano que vem”, projeta. A parceria com a Sul Gás, empresa que contribui pela segunda vez consecutiva, também foi destacada. “É uma troca que beneficia a todos. Os projetos, que tem condições de oferecer serviços e produtos melhores, e a empresa, que ganha visibilidade, que se engaja socialmente”, destacou.

O coordenador do projeto pela AMA, Jarbas Cruz, ressaltou a seriedade da iniciativa, o comprometimento de todos os envolvidos e relembrou as edições anteriores e o avanço do Primar nesses cinco anos. “Nós sempre prezamos pela busca da excelência. Isso é fundamental para que o projeto alcance seus objetivos. Um exemplo que sempre menciono é do Grupo Vovós Reviver, de Vista Gaúcha. Elas começaram recebendo apenas R$ 5 mil. E hoje a vassoura pet, produto desenvolvido por eles, se transformou no carro-chefe de todo o Primar”, salienta Jarbas.

As seis entidades que farão parte do Primar 5 abrangem diferentes regiões do Estado. Todas elas vinculadas a alguma universidade de sua região. De acordo com Túlio Carvalho, diretor da AMA, a intenção é agregar valor aos serviços a partir do conhecimento das instituições de ensino superior. “Essa relação com a universidade é fundamental. No futuro, podemos pensar em estabelecer Centros de Referência, a partir das técnicas que mais se destacarem”, disse.

Confira os projetos selecionados para o Primar 5:

Socioambiental 2013
Universidade: FIDENE-UNIJUÍ
Entidade: ACATA (Ijuí)

Alternativa Sustentável para Catadores de materiais recicláveis
Universidade: UNILASALLE (Canoas)

Projeto de Desenvolvimento de Vassouras Ecológicas Utilizando Garrafas PET
Universidade: Universidade de Caxias do Sul (UCS)

Uma Proposta de Fortalecimento  da Organização Social e Econômica de catadores de Materiais Recicláveis do Município de Cruz Alta
Universidade: Fundação  Universidade de Cruz Alta (UNICRUZ)

Organização de Catadores
Entidade: ONG Caminho das Águas (Alvorada)

Varre, Varre, Vassourinha
Universidade: PUCRS
Entidade: ONG Mais Criança (Porto Alegre)

FacebookLinkedInGoogle+WhatsApp