Mais um passo para a implementação do Parque Natural Municipal Morro José Lutzenberger

FacebookLinkedInGoogle+WhatsApp

Limites da Unidade de Conservação

 

Mais um passo importante foi dado para a implementação do Parque Natural Municipal Morro José Lutzenberger: foi aprovado pela Câmara Estadual de Compensação Ambiental – CECA o Plano de Investimento para a aplicação dos recursos oriundos da medida compensatória devida pela CMPC, em função da quadruplicação de sua planta de produção de celulose em Guaíba. Agora basta a assinatura de um Termo de Compromisso entre a Prefeitura Municipal de Guaíba, Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável – SEMA, e CMPC, para que os recursos, que totalizam 6 milhões de reais, possam começar a ser empregados de fato.

O Plano de Investimentos foi elaborado pelo Conselho Gestor do PNM Morro José Lutzenberger que é composto por representantes das Secretarias Municipais de Planejamento e de Meio Ambiente, Câmara de Vereadores, Sociedade de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Guaíba – SEAG e da Associação Amigos do Meio Ambiente – AMA. Nesta primeira fase está prevista a aplicação dos recursos para a regularização fundiária, cercamento e instalação de pórtico, elaboração do Plano de Manejo, formatação e sinalização de trilhas, e a execução de um Programa de Educação Ambiental voltado para as escolas do município.

 

Nossa Unidade de Conservação

O Parque Natural Municipal Morro José Lutzenberger é uma Unidade de Conservação, da categoria de Proteção Integral, criada em 04 de dezembro de 2013, através do Decreto Municipal 116/2013, após mais de 20 anos de luta pela preservação deste importante fragmento de Mata Atlântica no Centro da cidade de Guaíba.

O Morro abriga mais de 250 espécies de plantas nativas, sendo 11 ameaçadas de extinção, além da fauna associada e dos elementos geológicos e hidrológicos importantes como os afloramentos de rocha granítica e a nascente que abastecia a Bica da Av. 7 de Setembro.

A implementação do Parque contribui fortemente na construção da vocação turística de Guaíba, exercendo papel central como atrativo, junto ao Sítio Histórico composto pela Casa de Gomes Jardim e seu entorno (com o Cipreste Farroupilha, a Praça com o Memorial Gomes Jardim, a Igreja Nossa Sra. do Livramento e sua Praça), o Matadouro São Geraldo, o Parque Ruy Coelho Gonçalves, a Orla do Lago Guaíba, a Ilha das Pedras Brancas entre outros.

Afloramento rochoso em meio à mata

 

Para relembrar alguns dos fatos que culminaram com a criação do Parque:

Audiência Pública onde a comunidade de Guaíba defendeu a destinação das medidas compensatórias da CMPC para Guaíba

Manifesto pela criação de Unidade de Conservação no Morro José Lutzenberger

Assinatura do decreto de criação da Unidade de Conservação no Morro José Lutzenberger

 

A luta agora é pela implementação do Parque e que a comunidade possa se apropriar deste espaço de lazer em contato com a natureza e de educação ambiental que temos o privilégio de dizer que é NOSSO!

 

FacebookLinkedInGoogle+WhatsApp